Exames radiológicos: Ressonância Magnética

A ressonância magnética é um exame para diagnóstico que consegue captar imagens de alta definição dos órgãos através de um campo magnético. O médico pode solicitar esse exame para visualizar com detalhes os órgãos internos e diagnosticar lesões, infecções, esclerose múltipla, tumores, derrames em estágios iniciais, entre outras.

Não há o uso de radiação, mas o aparelho de ressonância possui um potente campo magnético. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados. O paciente deve ser examinado para saber se não está usando nenhum objeto metálico, como óculos, grampos de cabelo, joias e pinos. Portadores de marcapasso não devem realizar o exame.

Durante a ressonância magnética o paciente deve permanecer deitado e imóvel e crianças e idosos podem ter certa dificuldade. Isso é necessário para que a captação das imagens seja precisa. Pequenos movimentos podem inutilizar os dados captados. Dependendo do objetivo do exame, ele pode durar de 15 minutos até duas horas.

É importante saber que durante a ressonância magnética a máquina faz muito barulho. Esse som alto é resultado do aumento da corrente elétrica que cria o campo magnético necessário para a realização do exame.

As informações publicadas no site têm caráter informativo e não substituem a opinião de especialistas. Para esclarecer dúvidas, converse com um médico.